domingo, 22 de novembro de 2009

Programa de Educação para o Trabalho

Educação e Responsabilidade Social
O Senac São Paulo é uma das maiores instituições de ensino do Brasil. Atua há mais de 60 anos no setor de comércio e serviços e realiza anualmente mais de 400 mil atendimentos por ano. A larga abrangência na área educacional, aliada a uma infra-estrutura modelo e contemporânea, favoreceu em 1996 a criação do Programa Educação para o Trabalho.

Relevância do Programa
Capacita jovens de comunidades socialmente desfavorecidas para o mercado de trabalho
• Desenvolve competências agregando valores sociais e comunitários
• Promove a valorização da cultura do trabalho e das relações sociais
• Atua como agente de transformação familiar
Carga horária: 330 horas (formação fechada, com duração de 6 meses)

O que é o Programa Educação para o Trabalho?

Esta tecnologia social, com metodologia desenvolvida pelo Senac São Paulo, é uma formação educacional com duração de seis meses e tem como foco a preparação de jovens para o mercado de trabalho.
O Programa vem sendo aplicado e financiado com êxito por empresas privadas, prefeituras, órgãos públicos e pelo terceiro setor, transformando-se nos últimos dez anos em referência de investimento social privado e agregando benefícios institucionais aos seus apoiadores.
Como ferramenta de inclusão social, a metodologia do Programa evolui a partir da própria dinâmica do mercado de trabalho.

Por que apoiar esta iniciativa?
Empresas parceiras, à medida em que ampliam a oportunidade de formação para jovens, colaboram com o aumento de profissionais qualificados para o mercado de trabalho, com a ampliação do voluntariado corporativo, com o bem-estar social das comunidades e com o desenvolvimento sustentável do país.

Empresa que educa
Tornando-se parceira do Programa Educação para o Trabalho, sua empresa receberá o selo Empresa que Educa. Sua aplicação em embalagens, crachás ou peças promocionais, além de divulgar o compromisso social para seus clientes, parceiros e colaboradores, amplia a visibilidade da ação em prol da adesão
de novas empresas.

Benefícios institucionais
•Cria vínculos com a comunidade na qual sua empresa está inserida
•Colabora com as políticas públicas
•Agrega valores de cidadania à sua imagem corporativa
•Associa sua marca a uma das mais reconhecidas organizações educacionais do país
•Garante oportunidade real de trabalho aos participantes do Programa

Quem pode apoiar ou financiar o Programa?

•Empresas privadas
•Associações classistas e clubes profissionais
•Prefeituras e órgãos públicos
•Organizações sem fins lucrativos

Jovens trabalhadores, jovens cidadãos
Os jovens selecionados para participar do Programa aprendem e desenvolvem habilidades fundamentais exigidas pelo mercado de trabalho, tais como espírito de cooperação, capacidade de trabalhar em equipe, iniciativa e autonomia, criatividade e senso crítico.

Estrutura do Programa

Metodologia: Centrado no Aprender a Aprender, cada turma conta com um coordenador exclusivo do início ao final do curso, responsável por um Núcleo Central de conteúdos transversais, tais como cidadania, ética, auto-conhecimento, responsabilidade etc. Os temas específicos são tratados
por especialistas nas Estações de Trabalho.Nestes momentos o trabalho é desenvolvido em dupla docência.

Estações de Trabalho:
Conteúdo complementar focado em questões do cotidiano profissional:
• Saúde e Qualidade de Vida
• Marketing Pessoal
• Comunicação
• Trabalho e Atitude Empreendedora
• Tecnologia das Transações Comerciais
• Excelência no Atendimento ao Cliente
• Informática
Estação Vivência: Em caráter experimental, os jovens vivenciam 30 horas de trabalho em um ambiente organizacional privado ou público.Desenvolvimento de Projeto: Os grupos são orientados a viabilizar uma idéia a partir de dois temas: Intervenção Comunitária e Melhoria da Qualidade de Vida no Trabalho. O resultado dos projetos auxilia os orientadores na análise das competências desenvolvidas ao longo do curso.
Participação da Família: Pais e responsáveis pelos alunos interagem com professores em encontros periódicos.
Esta integração abre espaço para o diálogo e permite o acompanhamento
familiar no engajamento profissional de seus filhos.

Ficha técnica
Programa Educação para o Trabalho
Público-alvo: jovens socialmente desfavorecidos
Idade: a partir de 15 anos
Escolaridade: mínimo 7ª série do Ensino Fundamental
Carga horária: 330 horas (formação fechada com duração de seis meses)
Vagas: até 30 participantes por turma

Como apoiar?
Sua empresa ou instituição pode apoiar esta ação social de várias formas:
• Financiando custos para a realização de turmas do Programa
• Patrocinando instituições sociais interessadas em promover o Programa na
comunidade local
• Cedendo espaço para realização da Estação Vivência
• Contratando jovens que participaram do Programa
• Estimulando grupos sociais a realizar esta ação
• Estabelecendo parcerias com organizações interessadas na implementação do
Programa


Informações retiradas em http://www.sp.senac.br
Visite o site para mais informações

Um comentário:

Gabriel → Bloga╝ disse...

Obrigado Paulo, pela reformulação no blog. Realmente ficou muito bom.

A postagem que você colocou esclarece mais do que nunca o que é o PET.

Em breve estaremos em VIVÊNCIAAAA. EBA EBA EBAAAA...

Flw!!!